Húmus de minhoca

Humus de MinhocaDenominamos de húmus todo o material de natureza orgânica que sofre degradação no solo. Já o húmus de minhoca é um tipo de adubo produzido por minhocas a partir de restos de matéria orgânica (animais e vegetais). É a excreção desse animal.

As minhocas ingerem os restos orgânicos que, ao passar pelo intestino, sofrem transformações ocasionadas pela presença de micro-organismos e algumas substâncias químicas, tais como hormônios. O húmus liberado por esses animais apresenta-se escuro, de modo semelhante ao pó de café, e seu odor assemelha-se ao de solo de mata.

O húmus de minhocas é uma substância que confere uma nutrição de qualidade para as plantas, além de prevenir algumas doenças. Ele possui diversos nutrientes, tais como nitrogênio, fósforo e potássio, além de alguns hormônios. Todos esses nutrientes são facilmente absorvidos pela planta, o que torna o húmus de minhoca muito eficiente. Vale lembrar que as minhocas, além de produzirem esse importante adubo, são responsáveis também pela aeração do solo e, portanto, são ótimas para a agricultura.

O húmus de minhoca é uma forma de adubação muito barata que pode ser usada facilmente por qualquer produtor. A produção desse adubo pode ser realizada na própria propriedade, o que diminui custos com a aquisição de insumos industriais.

implantação de minhocários pode ser uma alternativa para alguns agricultores como forma de reduzir alguns custos com adubação. A minhoca mais utilizada para implementação da minhocultura é a espécie conhecida como Vermelha-da-Califórnia, pois se reproduz rápido e consome grande quantidade de matéria orgânica. O material utilizado como matéria-prima geralmente é esterco de animais, entretanto, podem ser usadas cascas de frutas e verduras, restos de poda, entre outros. É importante que materiais que atraem ratos e baratas não sejam usados, tais como restos de comida.

A EMBRAPA (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) tem desenvolvido diversas técnicas para a construção de um minhocário barato e eficiente. Entre uma dessas técnicas, pode-se destacar o minhocário campeiro de bambu, em que todas as paredes laterais são feitas de bambu entrelaçado. O ideal é que seja montado ao ar livre, em local com sombra e relativa declividade para que não se acumule muita água. Para que a água das chuvas não o destrua, pode ser feita uma tampa com bambu ou, então, cobrir a estrutura com folhas. Depois de montada a estrutura, deve-se forrar o fundo do minhocário com sombrite ou filme plástico perfurado. Em seguida, coloca-se uma grande população de minhocas no fundo, cobrindo-as com resíduo orgânico.

O húmus de minhoca é, sem dúvidas, uma grande alternativa para o produtor rural diminuir gastos na sua produção. Além disso, é uma forma de aproveitar os resíduos orgânicos que são produzidos em uma propriedade e melhorar a qualidade do solo.

Fonte: mundoeducação.bol.uol.com.br